Pós-Graduação em Métodos e Gestão em Avaliação – PPGMGA
  • Defesa de Mestrado – Bianca Nascimento de Souza

    Publicado em 04/04/2019 às 11:54
    ALUNO: Bianca Nascimento de Souza
    ORIENTADOR: Pedro Alberto Barbetta
    DATA E HORÁRIO: 30/04/2019, 14 horas

    LOCAL: CTC/INE – Sala 106

    TÍTULO: UMA MEDIDA DO DESEMPENHO ESCOLAR DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS CONSIDERANDO SUAS CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS

    RESUMO: Este trabalho está constituído a partir da linha de estudos que busca avaliar o desempenho escolar dos municípios brasileiros com base em resultados da avaliação em larga escala realizada pelo INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira. São abrangentes os fatores que influenciam o desempenho do estudante e atuam em diferentes níveis, desde as características socioeconômicas e culturais dos estudantes e de suas famílias, passando pelas práticas pedagógicas dos professores e da gestão escolar, pelas especificidades estruturais da escola e pelo perfil socioeconômico e cultural dos municípios. O objetivo desta dissertação é de avaliar em que medida as escolas e municípios podem contribuir para o desempenho escolar, com foco nas escolas das redes públicas municipais. Neste sentido, será utilizado o modelo de regressão multinível de três níveis hierárquicos: estudante, escola e município. Através desse modelo foi possível, além de controlar os fatores associados ao desempenho escolar, obter as medidas de “efeito escola” e de “efeito município”, considerando o contexto socioeconômico em que estão inseridos. A medida de “efeito escola” é uma medida que apresenta o quanto a escola contribui no desempenho escolar quando consideramos escolas de mesmo contexto. A medida de “efeito município” é o quanto o município contribui no desempenho escolar considerando, também, contextos semelhantes. Para tanto, a pesquisa utilizou as informações disponibilizadas pelo INEP, por meio do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) coletados no ano de 2015, e pela plataforma Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil que teve como base os dados do Censo Demográfico, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2010. Os resultados apontaram a existência de escolas públicas municipais que, após o controle das características individuais dos estudantes e do contexto escolar, apresentaram efeitos que podem contribuir no desempenho escolar quando desenvolvem práticas pedagógicas e administrativas eficazes. A pesquisa apontou ainda que, embora as regiões Sul e Sudeste apresentassem os melhores desempenhos de todas as regiões do país, estas obtiveram as medidas de “efeito município” menores que as outras regiões. Isto demonstra que os municípios situados nas regiões Sul e Sudeste, após o controle das características dos estudantes, do contexto escolar e do perfil do município, pouco contribuem para o desempenho escolar.

    PALAVRAS-CHAVE: fatores associados ao desempenho escolar; avaliação em larga escala; efeito escola; efeito município; modelo de regressão multinível.

    BANCA EXAMINADORA:

    PRESIDENTE: Pedro Alberto Barbetta

    – Claudia Cristina Zanela (Prefeitura Municipal de Florianópolis)
    – Silvana Lígia Vincenzi
    – Marcelo Menezes Reis

  • Publicado em 06/09/2016 às 14:53

    Seja bem-vindo ao site do PPGMGA – Curso de Mestrado Profissional em Métodos e Gestão em Avaliação.